Sessão Solene marca comemoração dos 50 anos do CDL-DF

Pela sua liderança, atividade e representatividade, a Câmara dos Dirigentes Lojistas pode ser cotada como uma das entidades mais importante do Distrito Federal, pois é uma das principais responsáveis pela geração de emprego e renda na capital federal.  Com estas palavras, o deputado Chico Vigilante resumiu a importância da entidade, durante a sessão solene que homenageou o aniversário de 50 anos da CDL.

A sessão vou realizada no plenário da Câmara legislativa na noite da quinta-feira (08), e contou com a participação de autoridades e empresários do DF.

Durante a sua fala, o presidente da entidade, Álvaro Silveira ressaltou a importância do papel da Câmara Legislativa em aprovar leis para desburocratização do setor produtivo. “Para que a gente possa encontrar as melhores soluções que não seja apenas aumentar os impostos. Essa crise vai passar e a gente tem condições de sair dela muito mais forte do que entramos”, destacou.

O secretário de Trabalho do Distrito Federal, Thiago Jarjour, que também é membro da CDL, enalteceu a postura do deputado Chico Vigilante e da Câmara Legislativa em fazer a justa homenagem à entidade, ainda mais no momento que DF atravessa.  “De fato, a CDL é responsável pela geração de emprego e renda no DF, e merece todo o carinho e atenção por parte do Governo do Distrito Federal. Os momentos de crises, também são momentos de oportunidade. Mais um braço que reforça que não podemos desisti e que temos que segui a diante”, disse.

A Entidade – Fundada em 13 de abril de 1965, a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) foi constituída por iniciativa de 25 comerciantes da capital, com o propósito de fortalecer esse segmento quando a cidade ainda se formava, criando uma entidade que os identificasse. Com cerca de cinco mil associados e 50 anos de atividade, é referência em temas de Economia e Varejo.O principal produto da CDL é o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) que garante aos associados mais segurança no momento de efetivar a venda.

Por Veronica Soarez/ Assessoria

Assuntos Relacionados