Rodoviários arrancam reajuste de 10 e 11%

Vitoriosa. É assim que podemos batizar a greve dos Rodoviários que começou na segunda (8) e que terminou agora a pouco.

Os rodoviários, quase que na sua totalidade, cruzaram os braços em busca dos seus direitos. Uma reunião realizada nesta quarta-feira (10) sacramentou o fim da greve. Trabalhadores e Patrões chegaram a um acordo e os rodoviários terão um aumento de 10% nos salários e 11% no tíquete de alimentação e cesta básica.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Jorge Farias, lamentou o expediente usado pelos patrões para intimidar os trabalhadores. “ (Em) toda greve somos ameaçados de demissão”, criticou.

O sindicalista também falou sobre o tratamento dado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) à categoria. “Estávamos sendo ameaçados pela justiça. Não dá para entender a criminalização de trabalhadores”.

Apesar da forte pressão, Jorge comemorou o desfecho positivo para os trabalhadores.

“Graças a união, a luta e a determinação de todos os rodoviários, saímos vitoriosos no dia de hoje”, finalizou.

Presente na assembleia que aprovou o acordo, o deputado Chico Vigilante (PT), parabenizou o trabalho realizado pela diretoria do Sindicato e saudou os trabalhadores.

“Parabenizo os companheiros da direção do Sindicato dos Rodoviários pela firmeza que demonstraram na mesa de negociação. Mas essa vitória é fruto da garra e da terminação destes homens e mulheres que não se curvaram diante das ameaças.

Apoio – Desde o início da greve, o deputado Chico Vigilante acompanhou de perto a luta dos rodoviários e registrou no plenário da CLDF, na internet e na mídia, o seu irrestrito apoio à categoria.

 

Chico também cobrou a responsabilidade do GDF nas negociações. Felizmente, o governo pessebista ouviu o apelo e participou mesmo que nos últimos momentos, das negociações. A infeliz fala do secretário de mobilidade urbana do DF, ao DF TV 1ª edição, “lavando as mãos” para a greve dos rodoviários e entregando nas mãos da justiça e inclusive, sendo seu fiscalizador na cobrança da multa imposta pelo TRT, aos rodoviários.

O petista não deixou barato e subiu o tom no plenário, contra a declaração do secretário.

Volta ao batente – Após a assembleia, já existem ônibus circulando, mesmo que de forma tímida. O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Jorge Farias falou sobre a volta ao trabalho.

“A expectativa é de que os coletivos voltem a circular no fim da tarde desta quarta-feira. No entanto, o serviço só deve se normalizar nesta quinta-feira (11/6)”, finalizou.

Fonte: Marcos Paulo Lima/ Assessoria