Grupo de amigos cria página no Facebook para fortalecer luta contra Cartel dos Combustíveis

Foi lançada, no início deste mês, a página no Facebook “Vigilante dos Combustíveis”. A proposta é que a página seja um elo com a população, referente a esta luta do deputado Chico Vigilante que já dura mais de 10 anos.

Através da página, a população pode acompanhar as lutas que passaram e as que se avizinham, a exemplo da proposta do petista que pretende ampliar a venda de combustíveis para supermercados e shoppings, garantindo uma maior concorrência e possivelmente barateando o preço.

Gasolina mais cara do País – Segundo o “Vigilante dos Combustíveis”, a população do Distrito Federal deveria estar pagando cerca de R$ 3,03 por litro de gasolina. Infelizmente, o Cartel faz o consumidor pagar R$ 3,79. Segundo Chico Vigilante, um exemplo claro de como o Cartel funciona, é só você transitar pelo eixinho L Norte.

“Hoje pela manhã, passei pelo Eixinho L Norte em direção ao Plano Piloto e todos os postos, sem exceção, estavam com o preço de R$ 3,79″, afirmou o líder da bancada do PT na CLDF.

A página mostra ainda, que ao lado do consumidor, também está o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). O presidente da autarquia, Vinicius Marques de Carvalho, subiu o tom para que seja criada uma legislação especifica que possa desestabilizar o Cartel.

“Se, além de desestabilizar o cartel, a gente conseguir implantar medidas estruturais, com uma nova legislação, não tem por que essa queda dos preços não acontecer”, garantiu.

Corroborando com Carvalho, Chico Vigilante fez um apelo aos seus colegas distritais para que o PLC 05/2015 (autoria de Chico Vigilante) e 32/2015 (do Executivo) sejam imediatamente tramitados e aprovados na CDLF.

“É preciso que esta casa dê uma demonstração de força contra este cartel, que durante anos, exerceu forte influência aqui, lesando assim, o consumidor que pagou tarifas além dos valores necessários” defendeu o petista.

Curta a Página e convide os amigos – Você pode curtir a página “Vigilantes dos Combustíveis” clicando aqui

Assuntos Relacionados