“Ficou clara conivência de autoridades da PM com atos antidemocráticos”, diz Vigilante

O deputado distrital Chico Vigilante (PT) afirmou hoje (2) que praticamente está clara a conivência das autoridades ligadas à Polícia Militar nas depredações e cenas de terrorismo observadas em Brasília no dia 8 de janeiro. Vigilante é presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura os atos antidemocráticos na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) e deu a declaração logo após o término da tomada de depoimento do ex-secretário executivo de Segurança Pública do Distrito Federal, Fernando de Souza Oliveira.

Conforme a avaliação do deputado, o depoimento de Oliveira foi esclarecedor. “Ele é um delegado de carreira e isso pode manchar a carreira dele, se não for esclarecido”, frisou. O distrital disse ainda que há indícios de que existia uma verdadeira “guerra interna” na Polícia Militar, com um lado atuando pela derrubada do comandante geral da corporação – e que isso se refletiu na falta de segurança de PMs no dia 8 de janeiro. “Quem pagou foi a população do DF”, disse.

Já em relação ao depoimento do ex-secretário de Segurança Pública do DF e ex-ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro Anderson Torres, previsto para acontecer na próxima quinta-feira (9), o parlamentar ressaltou que espera que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes – relator do inquérito que investiga estes atos – o libere para prestar esclarecimentos.

Chico Vigilante enfatizou, ainda, que a partir do depoimento desta quinta é possível para os deputados chegarem à conclusão de que “Anderson Torres viajou e deixou Fernando Oliveira às cegas”. Questionado sobre o motivo pelo qual o governador afastado do DF, Ibaneis Rocha (MDB) não foi convocado, Vigilante explicou que a convocação do governador pela Casa não é permitida pela Constituição e acrescentou que ele seria convocado caso não houvesse esse impedimento.

 

Acompanhe as redes do mandato mais atuante do DF:
facebook.com/chicovigilanteoficial
Instagram.com/chicovigilanteoficial
Twitter.com/Chico_vigilante