“Estamos prontos para dar início à ‘CPI da Verdade’”, afirma Chico Vigilante

 O deputado distrital Chico Vigilante afirmou hoje (18), durante sessão extraordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) que aprovou o requerimento de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os atos antidemocráticos, que a comissão deve investigar amplamente tudo o que for necessário. “Estamos prontos para dar início à CPI da Verdade na CLDF e pretendemos cumprir amplamente o regimento da Casa, bem como os trâmites desta comissão. Conversei com o nosso bloco de oposição e ficou acertado que meu nome será indicado para compor a comissão”, destacou Vigilante.

Segundo o parlamentar, a CPI, não é nem do governo nem da oposição e seu funcionamento consiste em obrigação por parte do Legislativo do Distrito Federal. “Precisamos ir fundo na investigação detalhada dos crimes cometidos em Brasília, tanto no dia 12 de dezembro como em 8 de janeiro. Não é pouca coisa o que aconteceu na capital da República. Nós deputados, estamos nesta Casa apenas porque existe democracia no Brasil. E estes dois atos atentaram profundamente contra a nossa democracia”, frisou ele.

A CPI vai investigar os atos antidemocráticos observados em Brasília nos dias 12 de dezembro e 8 de janeiro. Também vai apurar, conforme o pedido dos deputados, a responsabilização de autoridades nestes atos, em especial o governador afastado do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) e o ex-ministro de Bolsonaro e ex-secretário de Segurança Pública do DF Anderson Torres.

 

 

Acompanhe as redes do mandato mais atuante do DF:

facebook.com/chicovigilanteoficial

Instagram.com/chicovigilanteoficial

Twitter.com/Chico_vigilante