Em nota, Partido dos Trabalhadores repudia fechamento das UPAs

NOTA DE REPÚDIO AO FECHAMENTO DAS UPAs

 

O Partido dos Trabalhadores repudia a posição covarde do Governo do Distrito Federal de fechar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), em Brasília.

No decorrer desta quinta-feira (3/9), a UPA de Sobradinho II vem preparando a remoção dos pacientes internados na unidade para o hospital regional, ao mesmo tempo em que estão sendo remanejados os funcionários.

Devido ao descaso com a saúde pública na cidade, o GDF deixou expirar os contratos temporários de prestação de serviço nas UPAs sem se preocupar com a possibilidade da interrupção do atendimento à população.

Essa ação desastrosa e atrapalhada, só evidencia o caos que se instalou na saúde pública de Brasília, ao mesmo tempo que revela o completo despreparo e a total incompetência da atual equipe gerencial que comanda a Secretaria de Saúde do DF.

É mais do que chegada a hora do Governador Rodrigo Rollemberg chamar para si a responsabilidade e agir para a continuidade dos serviços das UPAs no Distrito Federal.

O PT/DF irá mobilizar a população para a defesa das UPAs e contra essa falta de comprometimento do Governador e sua equipe com o atendimento da saúde da população do DF.

Brasília, 3 de setembro de 2015