Dia 20 é dia de luta pela democracia e contra o avanço conservador

Buscando fazer o contraponto às manifestações burguesas do último domingo (16), militantes sociais ligados aos mais diversos movimentos realizarão, na próxima quinta-feira (20), um protesto por mais Direitos, Liberdade e Democracia.

A concentração da atividade está marcada para as 17h, na Praça dos Aposentados, no CONIC. Segundo a CUT Brasília, que é uma das entidades organizadoras da atividade, os militantes pretendem expor a necessidade de a classe trabalhadora barrar o avanço conservador e os ataques aos direitos trabalhistas que estão em curso, no Congresso Nacional.

O governo de Rodrigo Rollemberg (PSB) também será alvo dos sindicalistas. Para a diretoria do Sinpro-DF, Mag Barbosa Guimarães, a pauta local está intimamente associada à pauta nacional, uma vez que o governo Rollemberg emprega uma política conservadora, neoliberal e privatista, que serve o grande empresariado, retirando direitos dos trabalhadores, sob uma justificativa de ajuste fiscal.

Já Chico Vigilante, defende uma intensa mobilização da classe trabalhadora contra o avanço conservador, e o que ele classifica como “golpe” que os derrotados na última eleição querem dar em nosso país. O parlamentar também defendeu as instituições democráticas do estado de direito. “A nossa democracia é muito jovem, e se alguns acham que deturpá-la é a saída da crise, estão muito enganados. É fundamental garantir o respeito à democracia e às conquistas recentes do povo brasileiro”, finalizou.

Serviço: 

Ato em defesa dos direitos, da liberdade e da democracia

Quinta-feira (20), a partir das 17h, na Praça dos Aposentados, CONIC.

Leia também:

Sessão Solene homenageia os 32 anos da CUT, na CLDF

Diga não ao facismo

Fonte: Marcos Paulo Lima/ Assessoria, com informações da CUT Brasília