Deputado Chico Vigilante marca reunião da CPI dos atos antidemocráticos para esta quarta-feira

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Atos Antidemocráticos da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) convocou para esta quarta-feira (15) uma reunião técnica interna com os integrantes do colegiado para discutir requerimentos e ritos dos trabalhos de investigação que está em curso. Na próxima quinta-feira (16), a comissão tomará o depoimento do coronel Jorge Eduardo Naime, comandante de Operações da Polícia Militar no dia das invasões e depredações das sedes dos poderes, 8 de janeiro.

Na mesma reunião, que terá início às 10h, também está programada para acontecer a oitiva do coronel Marcelo Casimiro Vasconcelos Rodrigues, ex-comandante do 1º Comando de Policiamento Regional da Polícia Militar do DF – cujo 6º Batalhão é responsável pela área central de Brasília.

A oitiva do ex-secretário de segurança Anderson Torres, que seria dia 16, foi remarcada para o dia 23 (próxima semana), uma vez que a data iria coincidir com o dia marcado para o depoimento de Torres ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em ação de investigação contra o ex-presidente Jair Bolsonaro que tramita naquela corte.

Segundo o presidente da CPI, deputado distrital Chico Vigilante (PT), a comissão vai discutir, no encontro fechado, “única e exclusivamente a definição das pautas e oitivas do mês de abril”. “Os trabalhos estão caminhando bem, já temos muitas questões em vias de serem esclarecidas, mas também temos muito a ouvir dos depoentes que estão sendo convidados e convocados”, ressaltou o parlamentar.

Acompanhe as redes do mandato mais atuante do DF:
facebook.com/chicovigilanteoficial
Instagram.com/chicovigilanteoficial
Twitter.com/Chico_vigilante