“CPI não cometerá injustiças, mas não deixará de apurar todos os fatos”, diz deputado

Em sua fala durante sessão ordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) após a realização da primeira reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Atos Antidemocráticos, o deputado distrital Chico Vigilante (PT), presidente da comissão, fez questão de passar mais uma vez o seu recado. Vigilante lembrou da abertura dos trabalhos da CPI e destacou que, em se tratando do início de uma nova legislatura, há deputados e deputadas que ainda não o conhecem bem. ”

 “Hoje tivemos aqui a primeira reunião formal da CPI dos Atos Antidemocráticos. Alguns deputados e deputadas não me conhecem ainda. Se alguém achou que ao ser eleito presidente desta comissão eu iria aliviar qualquer coisa, pensou completamente errado. Só que não vamos cometer injustiças nem entrar em searas que não são nossas. Vamos cumprir o que diz o regimento desta Casa legislativa e o que determina a Constituição”, frisou. O deputado também afirmou que tem visto parlamentares fazerem defesas públicas e chamarem de “coitadinhos” aqueles que estão presos, por terem participado dos atos de depredação do dia 8 de janeiro. “Mas na hora de depredar e praticar os vandalismos que praticaram, essas não eram nada ‘coitadinhas’. Ou será que estamos esquecidos daquela figura chamada ‘Dona Fátima’, que apareceu num vídeo chamando a todos para ‘quebrar tudo e depois pegar o Xandão’. Pode ser chamada de ‘coitada’ uma pessoa dessas?”, questionou.

Apurações serão intensas – “Espero que os integrantes desta comissão estejam realmente dispostos a ir fundo nas apurações. Essa coisa, essa movimentação da direita no sentido de atrapalhar a democracia no país, na verdade começou antes. Poucas pessoas se lembram, mas esta cidade foi coberta de outdoors nas cores verde amarelo. E não se enganem: também vamos chamar os responsáveis por aqueles outdoors. Hoje aprovamos só os primeiros requerimentos. Lembrou que quando foram convocados pela Justiça os financiadores destes outdoors simularam que o motivo era a Copa do Mundo”, frisou Vigilante.

“Fico aqui pensando nos que citam aqueles ‘coitadinhos’, o que teriam feito caso tivessem sido os trabalhadores rurais sem-terra que tivessem montado um acampamento em frente ao quartel do Exército, em Brasília. Eles não teriam ficado no local nem uma hora. Sei que muitos de nós neste colegiado pensamos diferentes, mas estamos unidos no que diz respeito à comissão. Não somos pizzaiolos e esta CPI não dará em pizza. Vamos fundo e faremos de tudo para que nunca mais se repita este tipo de coisa no Brasil. A democracia é uma planta tenra, frágil. E só estamos aqui porque existe democracia no Brasil”, concluiu o distrital.

Acompanhe as redes do mandato mais atuante do DF:
facebook.com/chicovigilanteoficial
Instagram.com/chicovigilanteoficial
Twitter.com/Chico_vigilante

 

 

 

*Chico Vigilante*

 

 

Acompanhe as redes do mandato mais atuante do DF:

facebook.com/chicovigilanteoficial

Instagram.com/chicovigilanteoficial

Twitter.com/Chico_vigilante