Chico Vigilante denuncia atuação de lobista na SEEDF

Uma situação grave está acontecendo na Secretaria de Educação do Distrito Federal. Venho, há mais ou menos um ano, acompanhando o rastro de um lobista dentro da Secretaria de Educação do Distrito Federal.

O nome dele é Valter Léssio, representante de uma empresa de paulista chamada SP Alimentação. Essa empresa está envolvida em uma série de falcatruas Brasil afora, em cidades como Jaraguá do Sul, Canoas e Florianópolis.

A denúncia é que montaram um edital para trocar a modalidade de entrega da merenda no DF e somente uma empresa ficar a cargo de todo o contrato de fornecimento de merenda.

Atualmente, o produto merenda é licitado, os itens alimentícios são comprados pelo governo que também fica sob responsabilidade de estoque e guarda. Em seguida, esses gêneros são distribuídos para todas as escolas que, individualmente, nas cozinhas próprias, preparam a merenda para seus alunos.

O esquema é fazer com que uma mesma empresa realize a compra, o cozimento e a distribuição das merendas.

No dia 1º de junho, a SEEDF publicou o edital para a licitação. É muito malfeito e um escândalo. Nele, a previsão de gastos é de mais de R$ 560 milhões.

Vou preparar representações a serem apresentadas no Ministério Público de Contas no Tribunal de Contas do Distrito Federal para que seja barrada essa licitação.

Faço um alerta ao governador do Distrito Federal, se essa licitação prosseguir como foi montada, o governo dele será responsável por um grande escândalo.

Irei adotar todas as medidas porque é um absurdo o que está acontecendo.