Chico Vigilante apoia rodoviários

Durante a amanhã desta segunda-feira (08), o deputado Chico Vigilante visitou a terminal Rodoviário do setor ‘O’ para acompanhar de perto a greve dos rodoviários deflagrada a zero hora de hoje.  Como bem lembrou o deputado, a luta por melhores condições de trabalho e de valorização profissional é uma causa antiga da categoria.

 

Chico lembrou que em 1985 participou ativamente da primeira greve dos rodoviários do Distrito Federal, quando apoiou e participou do processo de negociação. Para ele, mesmo se passado 30 anos, ainda hoje, a categoria tem os seus direitos desrespeitados pelos empresários e pelo governo do Distrito Federal.

 

“A diferença do passado para hoje é, que 1985, o governo estava disposto a negociar com a categoria. Lembro-me que naquele momento o então ministro do Trabalho, Almir Pazzeanotto Pinto, chamou os empresários e o governo do DF para um processo de negociação, para encontrar uma saída para greve”, lembrou Chico.

 

Chico também lamentou a postura do governo e das empresas de não querer negociar. “Pela manhã, o secretario de Mobilidade do DF errou em dizer que o governo não tem nada a ver com a situação e que a greve é um assunto que deve ser resolvida entre empresários e funcionários. Ele mentiu. O transporte público é uma necessidade da população e as empresas são concessionárias de um serviço público do Estado”, declarou.

Reivindicações

 
Os rodoviários pedem 20% de reajuste salarial, 30% de aumento no auxílio-alimentação e mais benefícios, como cesta básica e plano de saúde.