Chico participa de reunião que instalou a comissão que vai analisar PL da vigilância privada

O deputado Chico Vigilante, representando a Confederação Nacional dos Trabalhadores Vigilantes (CNTV), participou,  na manhã desta quinta-feira (19), na Câmara dos Deputados, da reunião que instalou a comissão que vai analisar os projetos que estão tramitando no local que cuida da vigilância privada no Brasil. A  comissão é composta por 24 deputados federais e terá como presidente, o deputado André Luis Dantas (PSC-SE).

Ao todo,  cerca de 130 projetos estão tramitando na Câmara ddos Deputados. Dentre eles, o projeto que cuida do piso nacional dos Vigilantes. A Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV) e o Sindicato dos Vigilantes está defendendo o piso nacional de R$ 3 mil reais para a categoria. “Em alguns estados brasileiros o vigilante ganha o salário mínimo. Portanto, nós queremos unificar o piso. Por exemplo, no Banco do Brasil, o piso é único. Independente do estado onde esteja situada a agência, o salário do bancário é o mesmo”, lembrou Chico.

Além do piso nacional da categoria,  grupo também luta pelo projeto que trata da regulamentação da profissão dos vigilantes. “Vamos fazer uma pressão para que esses projetos sejam unificados e que seja apresentado um substitutivo”, destacou.

 

Chico destacou que é precisa a participação de todos os vigilantes do Brasil para pressionar o Congresso e que os projetos de lei sejam aprovados o mais rápido possível. “Faço um apelo aos homens e mulheres que trabalham na vigilância privada, certamente essa é uma das maiores lutas da nossa história. Não queremos ficar 17 anos aguardando a aprovação de um projeto, como  aconteceu com o Pl que instituiu o risco de vida. Nós queremos que o projeto do piso nacional da categoria seja aprovado ainda este ano”, pediu.