Caso Ipanema/ Aval: Vigilantes da saúde em Greve

Empresas não pagaram salários e outros direitos básicos dos servidores

Hoje (11) é um dia triste para os trabalhadores da Ipanema e da Aval, que prestam serviços para a Secretaria de Saúde do DF. A partir das 7h da manhã de hoje, os vigilantes decidiram paralisar suas atividades em protesto contra os salários atrasados, falta de uniformes adequados e o não pagamento do FGTS e da Previdência.

É inaceitável que essas empresas estejam tratando seus funcionários dessa forma, deixando-os sem condições básicas de trabalho e sem o pagamento justo pelo seu esforço. É um descaso total com esses profissionais que estão na linha de frente da saúde pública.

Exigimos que a Secretaria de Saúde do DF tome providências imediatas para resolver essa situação e garantir que os trabalhadores sejam tratados com dignidade e respeito. Chega de descaso e desrespeito com quem dedica sua vida a cuidar dos outros.