A casa caiu, Cunha!

A operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta terça-feira (15) tem extrema importância para o momento político que o Brasil está atravessando, pois, um dos principais alvos da operação, intitulada Catilinárias, é o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), um dos grandes articuladores do impeachment da presidenta Dilma Rousseff

Diante do fato, é de se estranhar a maneira com que a grande mídia trata com dois pesos e duas medidas as questões relacionadas a essas operações. Quando é alguém do PT, primeiro eles falam petistas. Agora vejo que os jornalistas tem dificuldade para falar que Eduardo Cunha que é do PMDB.

É muito importante essa ação que está acontecendo. Isso é um processo que só está acontecendo porque a gente tem democracia no Brasil.

Quando ele encaminhou o processo de cassação da presidenta Dilma, da abertura do impeachment, foi exatamente para ele e a turma dele tentar barrar as operações que a Polícia tem liberdade de fazer, coisa que não tinha antes. E o ponto mais importante de tudo é que o PSDB – que é o mentor do impeachment perde um importante apoio na Câmara Federal, com essas operações, buscando tudo que é relacionado ao Sr. Eduardo Cunha. Portanto, é mais um defensor do golpe que cai em desgraça.

Reafirmo aqui: Não vai ter Golpe!

Chico Vigilante, líder do PT na Câmara Legislativa do Distrito Federal