“Assembleia do dia 8 é importante para os vigilantes. Participem”, convoca distrital

O deputado distrital Chico Vigilante (PT) divulgou hoje (23), em suas redes sociais, uma mensagem destinada aos vigilantes do Distrito Federal conclamando todos para a assembleia que foi marcada para a categoria, a ser realizada no próximo dia 8 de março. O encontro, que como de praxe acontecerá na já famosa “rampa dos vigilantes”, no centro de Brasília, será para avaliação por parte destes trabalhadores da reunião programada para a tarde do mesmo dia entre magistrados do Tribunal Regional do Trabalho da 10a Região (TRT-10), representantes do sindicato dos Vigilantes do DF e do sindicato patronal.

A data-base dos vigilantes é sempre 1º de janeiro, mas desde essa época a convenção ainda não foi assinada. “A depender do que deixar de ser acordado ou do que for dito, poderemos decidir pela realização da maior greve dos vigilantes da nossa história”, frisou o deputado.

Leia, abaixo, a mensagem de Chico Vigilante:

Dia 8 de março é importante para os vigilantes. Participem da assembleia

 

Quero falar da situação dramática que vivem os trabalhadores terceirizados do Brasil. Durante os 4 anos que tivemos de governo do Capitão Capiroto, todos os nossos direitos e garantias foram retirados. Um exemplo disso muito importante era que a convenção coletiva de cada categoria continuava valendo com todos os direitos, se por acaso não fosse assinada uma nova convenção coletiva no período da data-base. Isso caiu e estamos tentando recuperar agora, no governo Lula.

Estou dizendo abordando o tema porque, no caso dos vigilantes do DF, a data-base é 1º de janeiro. Estamos na luta desde então para a assinatura da nova convenção trabalhista da categoria e o presidente do sindicato patronal, que é o Luiz Gustavo, dono da Multi Service, um bolsonarista dos piores, não está mais pagando o ticket-alimentação dos seus empregados.

Ele, ainda por cima, quer tirar da convenção coletiva de trabalho dos vigilantes o plano de saúde, para que os vigilantes tenham acesso a um plano que só presta atendimento por um único hospital do DF. Isso a gente não aceita em hipótese alguma. Este homem fica querendo, também, tirar o seguro de vida dos trabalhadores, de forma que os familiares dos vigilantes só tenham direito ao seguro se este falecer no local de trabalho. O que é um absurdo

Diante de tudo isso e da recusa do sindicato patronal em assinar a convenção coletiva da categoria, o Sindicato dos Vigilantes do DF procurou o TRT 10 e está marcada uma audiência para tratar a questão no próximo dia 8 de março. Estaremos lá e, à noite, realizaremos uma assembleia na rampa dos vigilantes, no centro de Brasília. Caso os trabalhadores não concordem com o que vier a ser acordado nessa reunião, vamos realizar a maior greve de vigilantes da nossa história.

É muito importante essa mobilização para a nossa categoria ser atendida. E vamos lutar também para que outros direitos retornem para os vigilantes como a questão da aposentadoria especial. Conto, portanto, com vocês para este grande ato do próximo dia 8.

Chico Vigilante

 

Acompanhe as redes do mandato mais atuante do DF:

facebook.com/chicovigilanteoficial

Instagram.com/chicovigilanteoficial

Twitter.com/Chico_vigilante